DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
28 de fevereiro de 2024

Governador diz que pode fechar setores produtivos de AL se taxa de ocupação nos hospitais subir por causa da Covid-19

Compartilhe este artigo

Posição do governador Renan Filho foi dada durante coletiva de imprensa em Maceió (Foto: Márcio Ferreira/Agência Alagoas)

O governador Renan Filho (MDB) afirmou, nesta quarta-feira (24), que pode decretar o fechamento dos setores produtivos de Alagoas caso o número de ocupação nos hospitais aumentem no estado por causa da disseminação do novo Coronavírus (Covid-19).

A posição do governador foi dada durante uma coletiva de imprensa na cerimônia de assinatura da ordem de serviço para construção da Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros, que vai ficar sob o viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Maceió.

“Eu tenho lutado muito para não fechar mais os setores produtivos do Estado, para não fechar a economia, mas é fundamental que empresários e que o cidadão alagoano compreendam que a gente não pode ver superlotados os hospitais, porque se a taxa de ocupação subir muito, não nos restará outra alternativa”, falou Renan.

Na ocasião, Renan Filho reforçou a possibilidade do governo estadual comprar vacinas contra a doença. Em dezembro do ano passado, ele declarou que Alagoas já reservou recursos do Tesouro Estadual para comprar os imunizantes.

Essa medida de aquisição e de venda das vacinas por parte dos estados e municípios partiu da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na última terça (23), por meio de uma ação protocolada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A determinação foi dada em caso de descumprimento do Plano Nacional de Vacinação pelo governo federal ou caso faltem doses previstas para vacinar a população.

Além disso, a decisão vale também para que os casos em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não autorize, em até 72h, para uso de vacinas aprovados por agências reguladoras de outros países.

“Se tiver vacina à venda, nós vamos comprar. Vamos imunizar nosso povo com esforços financeiros próprios do caixa estadual alagoano”, afirmou o governador.

 

 

 

 

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.