DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
25 de maio de 2024
Search
Close this search box.

Câmara de Pilar suspende reajuste de R$ 1,4 mil nos salários de vereadores após recomendação do MP

Compartilhe este artigo

(Foto: Divulgação/MP-AL)

A Câmara de Vereadores de Pilar desistiu do reajuste de mais de R$ 1,4 mil nos salários dos parlamentares após uma recomendação do Ministério Público (MP-AL), que estava investigando o aumento de R$ 6.012,60 para R$ 7.500,00 nos subsídios.

A informação foi divulgada pelo MP nesta quarta-feira (17). A recomendação de suspender o pagamento foi acatada pelo Legislativo por meio da Resolução 01/21.

Segundo o MP, também ficou oficializada a restituição dos pagamentos recebidos pelos vereadores em 2021 em seis parcelas. A primeira delas ainda deve ser definida ainda neste mês de março. O documento deixa claro que a suspensão é válida até 31 de dezembro deste ano.

O presidente da Câmara de Pilar afirmou, na resolução, que a aprovação pelo Plenário se deu em regime de urgência e dispõe em quatro artigos da Lei Complementar 173/2020 que suspende provisoriamente o aumento dos subsídios dos parlamentares que havia estabelecido pela Lei 778/2020.

Ainda de acordo com o MP, caso a recomendação não fosse atendida, o Legislativo de Pilar poderia sofrer ações na Justiça. O promotor Sílvio Azevedo afirmou que o aumento de salários era inconcebível devido à pandemia do novo Coronavírus, além de ferir a Lei Complementar federal que proibia quaisquer tipos de reajustes até 31 de dezembro de 2020.

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.