DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
24 de abril de 2024
Search
Close this search box.

VÍDEO: Funcionária do CRAS de LAGOA DA CANOA é afastada após afirmar que mulher iria ser pedinte na Cracolância

Compartilhe este artigo

Um vídeo denúncia ganhou as redes sociais nesta terça-feira, 20, após uma mulher afirmar que foi destratada por uma servidora do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da cidade de Lagoa da Canoa, no Agreste Alagoano.

Conforme a denúncia, a mulher teria ido ao CRAS para recadastrar os dados do Bolsa Família. A jovem afirma que tem quatro filhos e por isso foi alvo das críticas da servidora do CRAS, que também seria fotógrafa da prefeita Tainá Veiga.

VÍDEO:

 

“Enquanto tiver o Bolsa Família está bom, quando não tiver mais o Bolsa Família você vai pegar o seus filhos e vai para a cracolândia”, teria dito a funcionária do CRAS, ao completar que a jovem iria ao local, conhecido como ponto de tráfico de drogas, para ser pedinte.

Após a má repercussão do vídeo, a prefeitura de Lagoa da Canoa emitiu um comunicado afirmando que teria afastado a servidora do quadro de funcionários do município, até que o caso seja oficialmente apurado.

“A Prefeitura repudia todo e qualquer ato desta natureza, uma vez que independente do grau de intimidade entre ambas, os nossos servidores são treinados e orientados para tratar todo e qualquer cidadão de forma igualitária, primando sempre pela atenção e pelo respeito acima de tudo”, disse parte da nota da Prefeitura.

Fonte: Já é Noticias
Politica em Pauta
Foto e Vídeo: Reprodução

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.