DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
25 de maio de 2024
Search
Close this search box.

Trabalhadores da Saúde entre 55 e 74 anos são vacinados contra o Coronavírus em Maceió

Compartilhe este artigo

Imunização de profissionais da Saúde segue das 9h às 16h em vários pontos de Maceió (Foto: Divulgação/Secom Maceió)

A vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da área da Saúde entre 55 e 74 anos começou nesta quarta-feira (17), em Maceió. A imunização desse grupo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), segue a resolução nº 10 do Comitê Intergestores Bipartite de Alagoas (CIB-SUS).

Os trabalhadores podem ser vacinados nos pontos fixos espelhados pela capital, das 9h às 16h (confira os locais e os documentos necessários ao final do texto).

De acordo com a SMS, a vacina usada para imunizar os profissionais ainda faz parte do lote residual. A resolução do CIB explica que são trabalhadores de saúde todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam hospitais, clínicas, ambulatórios e laboratórios, dentre outros.

Contudo, em virtude da pouca quantidade de vacinas, o CIB informa que é preciso priorizar os profissionais com idade mais avançada e finalizar a vacinação com os mais jovens, observando as remessas de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde (MS).

“Como se vê, há muitos requisitos e critérios que precisam ficar claros para a vacinação de trabalhadores de saúde não só aqui, mas em todo território nacional. Por isso, precisamos nos debruçar com o CIB, para que pudéssemos deixar tudo isso claro, porque o único propósito do prefeito JHC e desta secretaria de Saúde é vacinar a população de nossa capital com a maior celeridade e organização possível. Mas vale lembrar que, para isso, Maceió depende da liberação dos lotes de vacina por parte do Ministério da Saúde”, disse o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro.

Os profissionais de apoio dos serviços de saúde, como recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros, auxiliares e motoristas de ambulância e dentre outros também devem ser contemplados.

“Além disso, incluem-se aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio curricular obrigatório em serviço hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios”, diz um trecho da resolução do CIB.

Documentos necessários

  • Os trabalhadores dos serviços de saúde de Maceió elencados nessa etapa precisam levar Declaração de Vínculo Empregatício emitida pelo Diretor-Geral ou Diretor Médico, atestando a condição do trabalhador, contracheque atualizado (mês anterior) ou carteira de trabalho comprovando vínculo ativo
  • Trabalhadores de saúde autônomos devem ter em mãos certidão de regularidade do respectivo conselho de classe
  • Assistência domiciliar e trabalhadores de serviços funerários precisam estar com a Carteira de Trabalho que comprove o vínculo ativo ou contracheque atualizado (mês anterior)
  • Os residentes ou estudantes em estágio necessitam de declaração emitida pelo serviço onde está cumprindo o referido estágio ou residência em Maceió

Locais de vacinação

  • Estacionamento do Jaraguá (Drive-thu)
  • Maceió Shopping – Mangabeiras
  • Pátio Shopping – Benedito Bentes
  • Papódromo – Vergel do Lago
  • Ginásio Arivaldo Maria – Jacintinho
  • Sede da Justiça Federal (Drive-thu) – Serraria

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.