DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
27 de fevereiro de 2024

Setur/Alagoas apresenta ações de turismo sustentável em oficina de planejamento do Projeto Orla de Maceió

Compartilhe este artigo

Setur indicou algumas ações para o planejamento da orla da cidade.

 A Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur) apresentou nesta segunda-feira (27) ações de turismo sustentável na primeira oficina colaborativa do Projeto Orla de Maceió. No auditório do Senai Maceió, a Setur apresentou as atividades já realizadas pelo Estado, além de indicar algumas ações para o planejamento da orla da cidade, que começará a ser construído a partir desta iniciativa da Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Ligado ao Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, o órgão visa, por meio do Projeto Orla, criar uma gestão compartilhada das praias, com os poderes públicos municipais e estaduais dos municípios costeiros.

De acordo com a superintendente de Planejamento e Prospeção de Negócios Turísticos da Setur, Selefe Gomes, é importante o Governo de Alagoas inserir o tema da sustentabilidade, já que é parte integrante da coordenação estadual desse projeto. “Neste planejamento participativo, tanto representantes civis quanto dos órgãos públicos e privados estiveram todos juntos em prol dos melhores ajustes e diretrizes para fazer esse planejamento da orla da capital. É importante ter um material atualizado que balize e fundamente as próximas decisões de ordenamento e de investimentos na região, que é um dos principais produtos turísticos do estado”, destacou a superintendente.

Nas próximas etapas, serão realizadas consultas públicas para que soluções sejam indicadas pelo trade turístico, poder público e população para os problemas observados. A expectativa é de que as atividades sejam concluídas em 2024 e que todas as estratégias de curto, médio e longo prazos sejam entregues aos entes públicos em um detalhado relatório elaborado colaborativamente ao longo destas oficinas.

Além da Setur e SPU, participam do Projeto Orla de Maceió a Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh), Instituto de Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e equipes da Prefeitura de Maceió.

Gestão assertiva

Para fazer os investimentos mais assertivos nos destinos turísticos do estado, a Setur participa também do mesmo Projeto Orla da SPU em Coruripe, além de investir nos Planos de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS).

Financiados pelo Governo de Alagoas, por meio da Setur, e com o apoio da Corporação Andina de Fomento (CAF), os PDITS buscam identificar as necessidades turísticas das regiões e estruturar planos de ação de curto, médio e longo prazo que possam atender a demanda local em um período de 10 anos.

Diversas oficinas públicas participativas foram realizadas nas regiões Costa dos Corais, Caminho das Águas e Cânions do São Francisco desde 2022 com o objetivo de identificar as principais necessidades das regiões, avançando para a fase de discussão e elaboração dos planos de soluções destes problemas sempre com o viés da sustentabilidade.

Os extensos documentos finais do PDITS para estas três regiões, que contam com mais de 800 páginas cada um, já foram entregues e estão disponíveis para consulta gratuita no site www.setur.al.gov.br. O PDITS de Maceió já está em execução e deve ser concluído em julho de 2024.

Fonte: Redação IO
Ascom Setur
Foto Destaque: Idalécio Lucas
Foto: Thyeres Medeiros

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.