DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
24 de abril de 2024
Search
Close this search box.

Presença da variante Delta em AL faz aumentar procura por vacina contra a Covid-19 em Arapiraca

Compartilhe este artigo

Os casos registrados da variante Delta do coronavírus em Alagoas, nas cidades de Maceió e Palmeira dos Índios, aparentemente gerou medo na população, principalmente para aaqueles que ainda não haviam tomado a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Apesar da prefeitura de Arapiraca ter mantido a faixa etária de vacinação em 21 anos desde o último sábado (14), as filas nos três postos seguem grandes e, segundo a assessoria de comunicação do município, a grande maioria das pessoas que tem procurado pela vacina nos últimos dias são retardatários.

Para a coordenadora de Doenças Imunopreveníveis de Arapiraca, enfermeira Mônica Suzy, isso pode indicar uma mudança de pensamento da população com relação às vacinas e com o medo de uma nova onda causada pela variante indiana.

“Nesses últimos dias, estamos recebendo muitos arapiraquenses com 40, 50, 60 anos e alguns até com mais. Para se ter uma ideia, hoje nós aplicamos a primeira dose em um idoso de 81 anos que ainda não tinha buscado a imunização. Acreditamos que com a chegada da variante a Alagoas, as pessoas preferiram se precaver e isso é muito importante, principalmente porque outros locais, por onde a variante já está circulando, tem alertado que as infecções estão ocorrendo principalmente na população não vacinada”, explicou a enfermeira.

Ainda segundo Mônica Suzy, esses “bolsões” de retardatários fez com que a prefeitura segurasse um pouco a redução da imunização contra a Covid-19.

“Queremos avançar ainda mais na vacinação contra a Covid e para isso estamos aguardando a chegada de novas doses. Devido ao aumento na procura por parte desses retardatários, resolvemos esperar um pouco para poder reduzir a faixa etária com segurança”, continuou.

RISCO PARA NÃO VACINADOS

Por ser altamente contagiosa, a variante Delta está causando novos surtos em alguns países, principalmente entre as pessoas que, por algum motivo, ainda não se vacinaram contra a Covid-19. Segundo dados do governo do Rio de Janeiro a cepa indiana já é responsável pela maioria dos caso no estado, estando presente em 73% dos municípios fluminenses.

Dados publicados pelo governo britânico indicam que a Delta é de 40% a 60% mais contagiosa do que a variante Alfa, detectada na Inglaterra, e quase duas vezes mais transmissível do que a cepa original, identificada em Wuhan, na China.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), os casos de infecção pela variante na população vacinada é muito baixo. “As pessoas vacinadas que são infectadas apresentam sintomas por um período mais curto”, indica o CDC.

Apesar das vacinas terem sido projetadas tendo como base as versões mais antigas do coronavírus, especialistas destacam que os imunizantes seguem como as principais armas contra o vírus original e suas variantes, e apresentam eficácia na proteção à gravidade e morte por Covid-19.

Uma análise do órgão de saúde pública da Inglaterra (PHE) descobriu que duas doses da vacina da Pfizer ou da AstraZeneca foram mais de 90% eficazes contra hospitalizações causadas pela variante Delta.

Para o coordenador de Epidemiologia de Arapiraca, o enfermeiro e sanitarista Evandro Melo falou sobre a importância de manter os cuidados preventivos para evitar a proliferação da nova cepa, como manter o distanciamento social, usar máscaras

“Além de continuar mantendo os cuidados, é fundamental que todos os arapiraquenses busquem a vacinação, primeira e segunda dose, assim que ela estiver disponível, pois esta é a única forma de garantir a segurança de todos. Lembrem-se: a vacina não protege apenas quem a toma, mas todos a sua volta”, informou o enfermeiro e sanitarista Evandro Melo.
Fonte: 7 Segundos
Imagem: G1 – GLOBO

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.