DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
6 de dezembro de 2022

Prefeito JHC garante 2 mil novas vagas no programa CNH Social e oportuniza geração de empregos

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O prefeito de Maceió, JHC, garantiu nesta quarta-feira (28) em solenidade que lotou o auditório da Associação Comercial, no bairro de Jaraguá, mais duas mil vagas para o programa CNH Social. A iniciativa facilita mais oportunidades de emprego para os maceioenses. Em Alagoas, os custos para obter uma Carteira Nacional de Habilitação podem variar entre R$ 1,5 mil (categoria B) a R$ 1 mil (categoria A). Por isso, o programa é voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade social, inscritas no Cadastro Único, que dificilmente teriam condição financeira de conseguir uma carteira de motorista.

“Hoje é um dia muito especial para muitos de vocês. Isso era um sonho distante, ter uma carteira de habilitação, ter que desembolsar quase dois mil reais para poder ter um documento público, que é um passaporte para o emprego e outras oportunidades na vida. Maceió antes não olhava para esses jovens e mulheres brilhantes, não era uma cidade inclusiva, de oportunidades, e nós precisávamos virar o jogo e contar com a força de trabalho de vocês”, disse JHC.

Inscrições – https://www.cnhsocial.semas.maceio.al.gov.br/cnh-social/pages/login.faces

O prefeito destacou ainda que boa parte dos contemplados é formada por mulheres que agora terão oportunidade de garantir renda.

“Nós tivemos nas primeiras etapas uma média de 68% de mulheres. E a gente tem muita mulher com o desejo de pilotar uma moto, um carro, de ter sua independência financeira. Muitos já tinham, inclusive, moto, mas não tinham dinheiro para pagar a carteira habilitação, tinham um salão de beleza ou trabalhavam em alguma loja. Essa é mais uma oportunidade que nós estamos entregando na mão dessas pessoas, especialmente mulheres de baixa renda a ter uma possibilidade de emprego e trabalho, de serem autônomas. Com isso, a gente vai tornando Maceió uma cidade inclusiva”, afirmou o gestor.

Prefeito JHC discursa para o auditório lotado sobre os avanços na assistência social para os maceioenses. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Prefeito JHC discursa para o auditório lotado sobre os avanços na assistência social para os maceioenses. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Acesso gratuito – No programa, todo o processo para obtenção da primeira CNH é gratuito e os alunos também recebem o auxílio-transporte e alimentação para poder fazer as aulas na autoescola. Os participantes podem optar pelo Curso de Formação de Condutores nas categorias carro ou moto.

Antes do curso de formação de condutores, os alunos participam de um curso de qualificação com o Sest/Senat, sobre noções de transporte rodoviário, de carga e de passageiros, além de logística, atendimento ao público, postura no ambiente de trabalho e relações interpessoais para que possam usar esses conhecimentos na hora de procurar uma vaga de trabalho.

“Já temos 400 pessoas habilitadas pelo programa da CNH Social e, hoje, o prefeito lançou mais duas mil vagas, ou seja, mais duas mil pessoas, em sua maioria desempregadas, que precisavam ter essa oportunidade de conseguir uma carteira de habilitação com mais facilidade. É mais um dia de alegria, mais um programa que dá certo e que vai beneficiar a população de Maceió”, informou o secretário de Assistência Social, Claydson Moura.

Claydson Moura, titular da Semas, ressaltou que o CNH Social já é um programa que deu certo. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Claydson Moura, titular da Semas, ressaltou que o CNH Social já é um programa que deu certo. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

O titular da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Maceió, André Costa, destacou a importância do projeto para a população e o investimento de mais de R$ 600 mil em passagens para que a população possa frequentar as aulas sem nenhum empecilho.

“A CNH Social não se trata de um mero assistencialismo, mas sim de dar oportunidade e esperanças para as pessoas trabalharem.  A gente sabe que uma habilitação hoje em dia é muito cara e muito difícil para que uma pessoa pobre tenha acesso, mas por outro lado é uma habilitação que dá oportunidade para que a população entre no mercado de trabalho, arrume um emprego e traga cada vez mais dignidade para todos”, declarou.

André Costa, superintendente da SMTT, destacou que a Prefeitura tem facilitado o acesso da população à CNH. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
André Costa, superintendente da SMTT, destacou que a Prefeitura tem facilitado o acesso da população à CNH. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

“Chance única” – Para Mariana Alves Bezerra, a oportunidade de obter a primeira CNH gratuita é uma chance única de buscar melhorias. “Essa é a primeira vez que tenho a chance de tirar minha carteira de habilitação. Se não fosse o projeto CNH Social eu não teria condições financeiras para fazer, pois estou desempregada.  Eu quero a habilitação para poder arrumar um emprego. Hoje em dia a maioria dos lugares pede que tenha habilitação”, disse.

Daniela Stefanie é confeiteira, está desempregada há alguns anos e foi beneficiada com a CNH Social para a categoria de moto. Ela destacou a importância da oportunidade do projeto para as mulheres.

“Eu sou grata a Deus e ao prefeito JHC porque ele deu essa oportunidade a nós mulheres que trabalhamos em casa, temos filhos e muitas vezes não temos nenhuma oportunidade. Ter conseguido obter a CNH Social, para mim é de muita honra. Vou poder ter um meio de transporte para levar as minhas encomendas e fazer as entregas. Tenho um esposo e três filhos, e foi meu esposo que fez a inscrição para que eu pudesse ser contemplada com a CNH. Eu estou muito feliz mesmo e agradeço ao meu esposo por ele ter persistido comigo para que eu fizesse a inscrição”, apontou Daniela.

Daniela Stefanie foi beneficiada com o CNH Social e projeta novas oportunidades para emprego e assim ajudar a sua família. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Daniela Stefanie foi beneficiada com o CNH Social e projeta novas oportunidades para emprego e assim ajudar a sua família. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Máquinas pesadas – Ainda nesta quarta-feira, o prefeito anunciou que o programa CNH Social será estendido a motoristas que trabalham com máquinas pesadas. Ao lado do presidente do Sindicato dos Tratoristas, Guindasteiros e Operadores de Máquinas Pesadas em Geral no Estado de Alagoas (Sintral), Odinaldo Moura. JHC disse que parceria neste sentido foi sendo estabelecida e em breve o programa passará a atender à categoria também.

Fonte: Secom Maceió
Foto: Secom Maceió

Compartilhe este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© 2020-2021 Imprensa Online – Todos os direitos reservados

Desenvolvido Por