DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
13 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Mais de 1,4 mil kg de alimentos impróprios são apreendidos em Maceió; parte venceu em 2019

Compartilhe este artigo

A Vigilância Sanitária de Maceió apreendeu 1.400kg de alimentos perecíveis fora dos padrões autorizados para consumo. As operações ocorreram entre a última quinta-feira (26) e no fim de semana em bairros das partes alta e baixa da capital.

Durante as operações realizadas em frigoríficos e mercadinhos, foram encontradas carnes bovina, suína, salsicha, calabresa, salame, linguiça e queijo, entre outros produtos inadequados ao consumo. Os estabelecimentos flagrados com produtos inadequados ao consumo são notificados e multados, em valores que variam de R$ 180 a R$ 19 mil. Entre os produtos estragados que foram tirados de circulação, de acordo com as equipes de fiscalização, alguns estavam vencidos desde 2019.

“Comercializar alimentos fora da validade ou em más condições de conservação expõe a saúde dos consumidores a riscos. Os responsáveis pelos estabelecimentos precisam garantir a segurança dos alimentos que vendem”, alerta o coordenador geral da Vigilância Sanitária, Airton Santos.

A Vigilância Sanitária realiza operações regulares e a população também pode contribuir com o trabalho de fiscalização dos estabelecimentos comerciais. Para isso, o órgão dispõe do Disque Denúncia, que funciona por meio do número 3312-5495. Pelo telefone, maceioenses podem solicitar a inspeção dos estabelecimentos que apresentem irregularidades sanitárias no município.

Fonte: Secom Maceió

Foto: Ascom

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.