DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
28 de fevereiro de 2024

JHC assina documento que pede a volta do auxílio emergencial no Brasil

Compartilhe este artigo

Justificativa apresentada no documento assinado por JHC é o aumento de casos da Covid-19 (Foto: Reprodução/Twitter)

O prefeito de Maceió JHC (PSB) informou, na última quarta-feira (10), que assinou o manifesto da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Renda Básica, que pede o retorno do auxílio emergencial no Brasil no valor de R$ 600. Ele divulgou o ato em suas redes sociais.

Segundo JHC, o documento já foi assinado por governadores e mais de 200 parlamentares.

A justificativa apresentada no manifesto é que o benefício deu “aos brasileiros condições reais para viverem com o mínimo de cidadania em tempos tão difíceis”. O auxílio emergencial foi pago até o mês de dezembro do ano passado.

O aumento de casos da doença Covid-19, causada pelo novo Coronavírus, também é ressaltado no documento, dando o exemplo da situação que passa a cidade de Manaus, no estado do Amazonas.

“Diante do iminente colapso do sistema de saúde, os estados não encontraram outra opção senão a retomada das restrições mais severas ao funcionamento dos comércios e serviços. Sem o auxílio emergencial e diante do aumento de desemprego, a população brasileira está sofrendo com a penúria da fome e com o medo de uma doença que já causou tantas mortes”, diz um trecho do documento.

Ato público em Brasília

Também na última quarta (10), segundo a a Câmara dos Deputados, membros da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Renda Básica fizeram um ato no Salão Verde da Casa e pediram a volta do pagamento do auxílio. O grupo também pede a ampliação do Bolsa Família e defende da criação de um programa de renda mínima.

A Frente da Renda Básica é coordenada pela deputada Tabata Amaral (PDT) e conta com 214 parlamentes de 23 partidos.

“Nós vamos trabalhar dia e noite pela prorrogação do auxílio e pela ampliação do Bolsa Família. Como a gente vem dizendo há um ano ‘quem tem fome, tem pressa’ e, como vocês sabem, são quase 30 milhões de brasileiros que estão hoje na extrema pobreza”, disse a deputada em entrevista a TV Câmara.

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.