DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
14 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Integrantes de organização criminosa são presos em operação da polícia em Maceió e região metropolitana

Compartilhe este artigo

Presos e os materiais apreendidos foram levados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, em Maceió (Foto: Divulgação/SSP-AL)

Seis pessoas foram presas nesta quinta-feira (11) suspeitas de fazer parte de uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas. A prisões ocorreram durante  uma operação integrada da polícia nos municípios de Maceió, Satuba e Rio Largo, região metropolitana da capital.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AL), um dos suspeitos é apontado como o responsável pela organização, que atua na região do do loteamento Nova Esperança, em Satuba. Ele já estava preso e a voz de prisão por esse crime foi dada dentro do sistema prisional.

Uma pistola de calibre 380, um revólver de calibre 38 e várias munições foram apreendidas com o grupo, que é formado de quatro homens e duas mulheres. Uma delas é esposa do suspeito responsável pela organização.

Além disso, porções de maconha e cocaína prontas para serem comercializadas também foram apreendidas. Os presos não tiveram a identidade divulgada.

Para essa operação, segundo a SSP, foram expedidos nove mandados de prisão e 13 de busca e apreensão pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Conforme as investigações realizadas pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) desde setembro do ano passado, o suspeito de chefiar o grupo contava com a ajuda da esposa no gerenciamento do tráfico.

Ela era a responsável por realizar o controle e fazer o registro de vendas das drogas, além de fazer as cobranças e passar as orientações do marido aos demais membros da organização.

Um outro suspeito foi apontado como gerente operacional do grupo. Ele fazia o repasse das porções das drogas às pessoas que comercializavam e também ficava responsável pela cobrança dos valores arrecadados.

Segundo a polícia, as pessoas responsáveis por vender o material também têm participação na organização.

Os presos e os materiais apreendidos foram levados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, em Maceió.

A operação integrada contou com policiais militares do 8º Batalhão (8º BPM), Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Radiopatrulha (BPRP) e agentes da DEIC.

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.