DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
28 de fevereiro de 2024

Deputado diz ter provas que gestão de Ayres financia pré-campanha política em vários municípios de Alagoas

Compartilhe este artigo

O deputado estadual Antônio Albuquerque (PTB) garantiu ter provas de que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) estaria patrocinando pré-campanha eleitoral em diversos municípios do interior de Alagoas. Segundo ele, o financiamento é comandado pelo secretário Alexandre Ayres, sendo o próprio gestor o principal beneficiado.

A fala do parlamentar foi registrada na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, na manhã de terça-feira (31), em contribuição ao pronunciamento do deputado Davi Maia (DEM) em que novas denúncias contra a gestão Ayres foram reveladas.

De acordo com Albuquerque, o patrocínio da Sesau para a provável campanha política antecipada no interior é de domínio público, sendo conhecida por todas as lideranças que atuam nos municípios.

“Há uma campanha eleitoral forte, determinada e cara em muitas cidades do interior, cujo patrocínio é da Sesau. Quem tiver dúvidas sobre o que estou falando, pode me procurar no gabinete que tenho provas para mostrar”, assegurou o petebista.

O decano não revelou detalhes de como se dá o envolvimento direto da pasta – e do gestor – no financiamento da pré-campanha e em quais municípios a prática estaria acontecendo. Nos últimos dias, a Sesau está sendo alvo de um verdadeiro bombardeio de denúncias sobre irregularidades. Os deputados acusam Alexandre Ayres de ‘perder o foco’ no enfrentamento à Covid para trabalhar em causa própria, visando à disputa eleitoral no ano que vem.

Vários parlamentares, a exemplo de Davi Maia, Cabo Bebeto (PTC) e Dudu Ronalsa (PSDB), dizem que o secretário está utilizando a estrutura do órgão para nomear futuros cabos eleitorais e beneficiar seus apadrinhados. Ayres, até agora, não se pronunciou a este respeito.

Na sessão plenária do Legislativo, nesta terça-feira, Antonio Albuquerque afirmou que, diante de tantas acusações, fica até difícil de acreditar na ousadia e no desrespeito contra a sociedade alagoana. “Eu não tenho, neste momento, como testemunhar sobre a veracidade ou contestar as denúncias. Mas, uma coisa é de domínio público. Há uma campanha eleitoral nos municípios do interior sendo paga pela Secretaria de Estado da Saúde”, completou.

Contraponto

A Secretaria de Estado da Saúde esclarece, mais uma vez, que as supostas denúncias proferidas pelo deputado de oposição Davi Maia não correspondem a verdade. Tratam-se de ilações políticas efetuadas com o interesse de criar narrativas perturbadoras ao pleno e eficiente trabalho que realizam todos os profissionais da saúde pública de Alagoas.

Sem ter como criticar a construção de hospitais, o combate correto e duro à pandemia, que salvou milhares de vidas, e nem a implantação de uma gestão moderna e transparente que tem melhorado significativamente os serviços de saúde em Alagoas, infelizmente o deputado faz uso de informações incorretas e ofende os profissionais engajados nesse trabalho.

Como exemplo da falta de conhecimento do deputado, a tal “folha paralela” citada por ele nada mais é que a folha de gratificação por produtividade paga aos servidores da saúde há mais de 20 anos, uma conquista da categoria respaldada pelo trabalho diário de salvar vidas em Alagoas.

Os alagoanos que precisam e usam o SUS em Alagoas sabem o quanto melhorou o atendimento e as condições de trabalho. E os profissionais envolvidos nessa árdua tarefa de bem servir ao povo são devidamente remunerados, sempre dentro do que determina a Lei.

Por fim, a Secretaria de Estado da Saúde informa que todas as ações são apuradas por órgãos internos e externos de fiscalização e qualquer desvio de conduta e de recursos públicos sempre foi e será objeto de apuração e reparação rigorosas.

Fonte da notícia e foto: Gazetaweb

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.