DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
27 de fevereiro de 2024

Câmara de Maceió entrega comenda Aldemar Paiva ao radialista e jornalista França Moura e seu filho Alisson Moura (in memorian)

Compartilhe este artigo

As trajetórias profissionais do radialista e jornalista França Moura e seu filho, o também radialista, Alisson Moura (In Memorian) foram reverenciadas com a entrega da Comenda Radialista Aldemar Paiva. As proposições foram feitas pelo vereador Leonardo Dias (PL) que também fez a indicação para o repórter fotográfico Flávio Cansanção. Ele foi homenageado com a Comenda Colunista Social Maria Cândida Palmeira.
Em seu pronunciamento Dias destacou a trajetória do comunicador que por quatro décadas ocupou espaço nas principais emissoras da capital até a criação de seu próprio canal. Foi durante sua carreira que ao criar o programa Ministério do Povo, na extinta Rádio Gazeta AM 1260, acabou recebendo o título de ministro. Para ele a principal característica do comunicador é sua capacidade crítica e independente que por muitas vezes incomodou e desagradou a segmentos da própria mídia.
“A comunicação, seja na divulgação de um conteúdo nas suas múltiplas formas ou por meio jornalístico, possui um papel primordial em nossa sociedade, para que tenhamos acesso à cultura de uma forma geral, aos fatos, às discussões que estão sendo travadas sobre os mais variados temas de nossa modernidade e possamos, desta maneira, nos guiarmos, formarmos a nossa opinião e as nossas convicções. Porém, para isso, precisamos que esta mesma comunicação seja exercida por profissionais sérios, que estejam muito mais preocupados em nos mostrar a realidade do que em propagar agendas político-ideológicas, quaisquer que sejam”, enfatizou Dias.
França Moura disse que a honraria era muito mais que o reconhecimento por sua caminhada na comunicação, mas também uma oportunidade de se dirigir ao público para rebater muitas informações falsas a seu respeito. Ele reafirmou suas posições contrárias ao atual momento político do Brasil, mas principalmente, sua confiança de que só a sociedade pode mudar a realidade.
“Nunca fiz comunicação pensando somente em mim, mas principalmente na sociedade pois é para ela que trabalhamos. Esse é o papel verdadeiro do comunicador. Mas para isso, nem sempre dizemos coisas que agradam. E aí sofremos as consquências. E isso sempre foi algo que enfrentei com coragem pois acredito que somente a verdade pode ajudar a construir soluções verdadeiras. Infelizmente, no momento, não é o que acontece. Está tudo errado. E o pior, o errado, parece que é certo até mesmo pela ótica do judiciário. O que posso dizer é que estou fora do ar por vontade própria, mas com desejo de retomar. No momento cuido de minha saúde, mas sem perder o foco no Brasil, em seus problemas e na busca por soluções”, disse o radialista.
Imagem
O outro homenageado foi o fotógrafo e repórter fotográfico Flávio Cansanção. Conhecido na cidade e no Estado por sua dedicação a cobertura de eventos, ele não escondeu a emoção e a surpresa de ter sido lembrado pela casa.
Conforme explicou Leonardo Dias atuação de Flávio consegue não só registrar momentos relevantes da sociedade, mas que é uma pessoa que ao longo da carreira se tornou conhecido por sua simpatia e dedicação. Ele lembrou que o fotógrafo nunca deixou de tornar pública suas posições políticas.
“Por conta da atuação destacada, Flávio Cansação foi pioneiro na fotografia digital no Brasil e no Nordeste, quando percebeu, lá em tempos idos, que o rolo de filme iria entrar em desuso, abrindo espaços para as novas tecnologias. Por essa razão, conseguiu ser um dos primeiros a migrar para os novos ambientes tecnológicos. E dentro deste ambiente virtual, Cansação nunca abriu mão de produzir reflexões justas, pontuais e precisas sobre a realidade do nosso país, sobre o futuro de sua própria profissão, sobre a defesa das liberdades, dentre tantas outras causas das quais nunca se furtou, por sempre estar ciente de sua responsabilidade social. Entregar essa comenda é homenagear quem realmente merece”, destacou o vereador.
Flávio em seu discuro brincou com o desconforto de estar sendo o foco das atenções já que em geral está por trás das cãmeras em busca do melhor enquadramento. Ainda assim sabia que era necessário destacar sua posição e agradecer a lembrança.
“Estou muito emocionado mesmo em poder ser homenageado. Estou mais acostumado a ficar por trás das câmeras. Mas estou feliz por estar sendo lembrado justamente por esse querido que faz valer o dinheiro do povo. Agradeço o reconhecimento e temos uma imensa satisfação em poder contribuir para a história de alagoas por meio de nossas lentes. Cada click é um registro para a posteridade e prometo continuar me dedicando a arte da fotografia e registrar momentos únicos”, Flávio.
Ele reverenciou Maria Cândida Palmeira e seu legado como colunista social a quem teve a oportunidade de conhecer e que manterá o compromisso de registrar os acontecimentos da cidade.
Sua amiga Andréia Quintela destacou o profissionalismo de Flávio e disse que por meio de seu trabalho impacta quando chega nos eventos impacta positivamente. “Criamos uma expectativa com a sua chegada que você eterniza com suas lentes. Eventos de qualquer natureza com sua presença costumam ser diferentes porque são eternizados para a memória”.

Fonte: Redação IO
Dicom CMM
Foto: Reprodução

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.