DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
22 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Alagoas teve média de dois feminicídios por mês em 2021

Compartilhe este artigo

Alagoas teve a média de dois feminicídios por mês de janeiro a setembro deste ano. Foram 18 no total, seis deles em Maceió, um em Rio Largo e o restante dos demais municípios. Os dados foram reunidos em boletim mensal da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

O mês mais violento para as mulheres em 2021 – com cinco vítimas – foi março, justamente quando se comemora o dia delas, com três delas assassinadas na capital. O número de mortes está no boletim de vítimas de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI).

Dos 93 assassinatos ocorridos no mês de setembro em Alagoas, 96,8% eram homens e 3,2% mulheres. O maior número de vítimas está na faixa dos 18 a 29, com 44,1% e 33,3% eram pessoas de 30 e 59 anos. Pouco mais de 44% das vítimas foram mortas em vias ou locais públicos e 67,7% por arma de fogo.

O mês de setembro foi um dos mais violentos do ano. Na sequência, em Alagoas, foram 86; 85; 90; 87; 72 e 76 assassinatos em março, abril, maio, junho, julho e agosto. Em janeiro e fevereiro ocorreram 128 e 104 homicídios.

Em junho deste ano, levantamento da Folha de São Paulo junto às secretarias de Segurança Pública nos estados mostrou aumento da violência contra a mulher em 2020, nos meses em que o país já lidava a pandemia da Covid-19. Alagoas aparecia no ranking como o estado do Nordeste que mais registrou feminicídios por 100 mil habitantes e o 5º no Brasil.

Fonte: Gazeta Web
Regina Carvalho

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Comercial

Redação

© COPYRIGHT 2023 – GOCOM GRUPO ONLINE DE COMUNICAÇÃO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.